in

GosteiGostei AmeiAmei InteressanteInteressante arrasouuuarrasouuu

ATEEZ: Análises e Teorias

Se você quer acompanhar o comeback, mas não faz idéia do que está acontecendo, vem aqui!

O Ateez é um grupo da KQ Entertainment que debutou em 2018 com oito integrantes, e instantaneamente conquistou o público com seus conceitos e performances marcantes. Quase dois anos depois, o grupo conseguiu entregar quatro Eps e um álbum que se conectam e contam uma história cheia de mistério e introspecção.

Com o grupo se preparando para um comeback, viemos aqui pra te ajudar a entender toda essa jornada e se preparar para o que pode estar por vir. Pega a bóia, a bússola, e sobe que o navio vai partir!

 

Treasure EP.1: All To Zero – O Começo da Jornada

A história deveria começar em “Treasure EP.1: All To Zero” com os MVs de “Pirate King” e “Treasure”, mas como já confirmado pelos integrantes, o primeiro vídeo da história é na verdade “Say My Name”, que a gente encontra no “Treasure EP.2: Zero to One”.
Nós vamos seguir a ordem dos álbums lançados, mas juro que dá pra entender.

Tanto em “Treasure” quanto em “Pirate King” o Ateez fala sobre um tesouro que estão buscando. Em “Pirate King” eles pedem que você – que é convidadx a embarcar nessa jornada com eles – deixe as trevas do seu coração para trás e vá buscar o tesouro que eles pretendem encontrar no final do horizonte. Em “Treasure” o grupo fala sobre virar o mundo de cabeça para baixo, e custe o que custar, conseguir encontrar o tesouro, e claro, a posição de Rei dos Piratas.

Esse tesouro pode ser o fandom, os Atiny, que também são tratados como o navio que vai os guiar até o seu tesouro, ou até Utopia.

Treasure EP.2: Zero to One – Conheça o HalaTeez!

Enquanto o Episódio 1 mostra o objetivo do grupo em alcançar o tesouro, a Utopia onde viverão e a posição de Rei dos Piratas, o Episódio 2 lida com o lado obscuro de cada um e somos violentamente introduzidos ao Suicide Squad, carinhosamente apelidados de HalaTeez.

Como dito anteriormente, “Say My Name” cronológicamente, vem antes de “Pirate King”, é o grito ao infinito para que o nome – Ateez – seja dito e cada vez mais conhecido. Podemos referenciar essa necessidade de ter o seu nome reconhecido por cada vez mais pessoas à jornada do idol, que debuta e trabalha para alcançar a fama e cada vez conquistar um número maior de fãs.
No MV de “Say My Name” vemos pela primeira vez o HalaTeez em ação, auto-denominado Suicide Squad, ou no bom português, Esquadrão Suicida.
No MV de “Say My Name” o Ateez encara de frente – mas de forma um pouco hostil – sua outra versão, o HalaTeez, que parece ser bem menos bem intencionado que o Ateez que nós já conhecemos. Nesse conceito encontramos o grupo em uma clara crise de identidade. Se o Episódio 1 focou em Objetivo, o Episódio 2 foca em Identidade.

Nessa era também temos o vídeo performance de “Hala Hala”, e se você achou que poderia passar batido pelas coreografias do Ateez, saiba que não. O grupo é focado em performance, toda coreografia tem um motivo, um objetivo, uma explicação e em alguns casos, um spoiler.

O Suicide Squad não tem esse nome por acaso, assim como o grupo de vilões da DC Comics que serve ao governo em troca de uma redução penal, o HalaTeez age não em função de um bem maior, mas o ganho próprio. São o lado obscuro do Ateez, que age pela ambição, impulsionados a chegar ao tesouro sem importar, como vemos isso na letra de “Treasure”, mostrando que o HalaTeez sempre esteve lá.
Ao final de Hala Hala, o Ateez parece ter conseguido vencer o HalaTeez, matando a sua identidade obscura. Estranhamente, Wooyoung é o único que fica em pé, dando a entender que a identidade dominante no caso dele não é o Ateez. Aliás, Hala Hala é um acrônimo para “hearts awakened, live alive” – corações desperto, viva vivo. Seria o HalaTeez a verdadeira identidade do Ateez?

Essa era começa a mostrar as influências que o grupo tem de obras literárias como “Treasure Island” e “Dr. Jekyll and Mr. Hyde” de Robert Louis Stevenson. O primeiro sobre piratas, e o segundo sobre um médico que dsenvolve uma segunda identidade após tomar um soro que ele mesmo criou. Mr. Hyde, a identidade maligna do Dr. Jekyll surge quando o mesmo dorme, dominando seu corpo. Isso será importante mais pra frente, guarde essa informação.

Também ao final de “Say My Name”, vemos flashes de ambos grupos, nos levando a crer que uma batalha entre o Ateez e o HalaTeez aconteceu – mesmo que metafóricamente. A resposta disso vemos na performance de Hala Hala.

Todas as vezes que o Ateez está para ser tomado pelo HalaTeez, a letra da música em questão vai falar sobre fogo, calor. Esse é sem dúvidas o maior indício de que o Ateez está perdendo o controle para que o HalaTeez tome as rédeas.

 

Treasure EP.3: One to All – Chegamos em Utopia. Ou não?

Crentes de terem se livrado de vez do HalaTeez, é hora de ação, tranformar o sonho em realidade.
Vamos começar com um fato que provavelmente você já sabe, mas se não sabe: o nome artístico do Hongjoong era para ter sido “Pan”. E é aqui que começamos mais uma referência literária e cinematográfica: “Peter Pan” de J.M. Barrie e “Stardust – O Mistério da Estrela”, o filme baseado no livro de Neil Gaiman. De Peter Pan conseguimos resgatar a busca pelo local perfeito, Utopia – a Terra do Nunca – onde as Crianças Perdidas não precisam se preocupar com absolutamente nada. E de “Stardust” podemos levar a estética e o navio voador, que no filme é comandado pelo Capitão Shakespeare. Apesar do clima leve e fantasioso, vemos aqui também os dois lados do Ateez colidirem: eles são Peter Pan e as Crianças Perdidas, mas também o Capitão Gancho. A viagem tem seus altos e baixos, e eles finalmente encontram a Utopia.
Illusion também mostra flashes do HalaTeez, e acaba com os meninos dormindo e “Crescent” toca ao fim com o comando para que eles acordem, “abram os olhos”.
O interessante é que “Illusion” começa e termina com os meninos dormindo, lembra do Mr. Hyde? Tanto “Illusion” quanto “Wave” podem ser apenas um sonho.

E assim começamos “Wave”, os meninos abrindo os olhos em um local paradisíaco, parecendo muito mais jovens comuns em férias do que piratas em busca de um tesouro. O clima leve continua e mostra o desejo dos meninos em viver na sua Utopia, juntos, cientes de que sua jornada ainda não acabou. Porém, eles não sentem medo, e demonstram a confiança em seguir em frente porque tem uns aos outros.
“Hakuna Matata Ya!”, eles cantam.

 

Treasure EP. Fin: All To Action – Chegamos?

“Wonderland” soa como uma viagem ao inconsciente do Ateez, onde os verdadeiros e o HalaTeez convivem, não exatamente em paz mas com o conhecimento da existência de cada um deles. Enquanto Hongjoong, Seonghwa, e Yunho parecem ter conseguido um equilíbrio com seus dois lados, Wooyoung parece ter o seu lado mais humano acorrentado, provavelmente desde Hala Hala, o que também leva a crer que “Illusion” foi somente isso mesmo, uma ilusão/sonho.
Com uma clara referência à obra de Lewis Carroll – Alice No País das Maravilhas – Wonderland começa confuso, sem explicar qual versão dos meninos está no controle. Também representa a confusão do caminho que eles decidiram trilhar, mostrando escadas que vão para lugar nenhum, seu topo sempre oculto.

Durante a coreografia, vemos Jongho girar no meio dos outros integrantes em sentido horário, e começamo a ter a temática de tempo/espaço introduzida na história.

“Como você foge do que está dentro da sua cabeça?”, é uma das coisas que o Gato de Cheshire diz a Alice, e talvez traduza um pouco do sentimento que “Wonderland” passa. Como fugir de alguma coisa que eles são? Enquanto caminham em direção ao Portal da Verdade, vemos a dualidade nas expressões e ações dos meninos.
Ao final do MV, essa dualidade é confirmada no momento em que eles seguram a bandeira, as luzes piscam e a sombra do Yunho aparece duplicada, mostrando que independente de quem está no controle, ambos os lados seguem vivos.
O Ateez caminha em direção ao Portal da Verdade. Novamente podemos ver na letra da música o tema “fogo” ser trazido à tona, nos deixando com o questionamento: quem está no controle?

 

 

Treasure Epilogue: Action To Answer – Respostas ou só mais perguntas?

Espelhos e reflexos são um elemento importante em “Answer”, podemos ver que Yeosang, Mingi e San olham seus reflexos na água e espelhos, um jeito de encarar o seu interior e questionar sobre quem são eles realmente, uma busca pela resposta da pergunta que eles vem se fazendo desde “Say My Name”.

Os reflexos também pode ser uma referência a uma obra de Lewis Carroll, Alice Através do Espelho. O filme e o livro são bem diferentes, no livro, Alice atravessou um espelho e encontrou um “mundo às avessas”, e precisa vencer um jogo de xadrez para então se tornar a nova Rainha. Ela começa como um peão no tabuleiro e traça a sua jornada para chegar ao oitavo quadrado e se transformar de peão na peça mais poderosa do jogo, a Rainha. Lewis Carroll traçou a jornada de Alice em Através do Espelho como uma metáfora para a sua jornada da infância para a vida adulta. Ela passa por muitas experiências que podem ser vistas como cruciais para o seu desenvolvimento, como a descoberta da sua identidade exigida pela situação na Floresta do Esquecimento.

Em “Answer” o Ateez parece ter feito as pazes com o HalaTeez, inclusive brindando com eles, frente-a-frente. Se em “Say My Name” havia um vidro entre eles, em “Answer” eles se encontram quase como amigos.
O MV porém, começa e termina com uma figura misteriosa e nova, caminhando por uma sala vazia, o cenário onde antes vimos o Ateez e o HalaTeez brindando.

 

 

Temos o tema “tempo” novamente introduzido na história quando vemos Hongjoong parado no meio de um relógio. Se no livro de Alice Através do Espelho não temos viagem no tempo, no filme a história depende disso, que é bastante importante para os teasers de “Fever”.

Outro elemento que me faz crer que parte desse comeback está inspirado pela temática do livro Alice Através do Espelho, é a neve que vemos em Answer quando Wooyoung, Yeosang e San se encontram, e ao final do vídeo, por toda a sala. No livro, Alice conversa com sua gata – Kitty – enquanto a neve bate contra a janela da sala onde elas estão, antes da sua viagem através do espelho. “Você ouve a neve contra as vidraças, Kitty? Que agradável e suave! Parece que alguém estava beijando a janela do lado de fora. Gostaria de saber se a neve ama as árvores e os campos, que os beija tão gentilmente? E então os cobre confortavelmente, com uma colcha branca; e talvez diga: “Durma, queridos, até o verão chegar novamente.” E quando eles acordarem no verão, Kitty, se vestem de verde e dançam – sempre que o vento sopra – oh, isso é muito bonito!”, podendo remeter diretamente a “Illusion”, “Wave” e o seu estado de sonho e ilusão.

Na música podemos ouvir repetidas vezes “1, 2, 3 vamos queimar”, dando a impressão que finalmente o Ateez cedeu o controle para o HalaTeez, ou pelo menos aceitou a co-existência.

“Answer” nos dá a resposta, onde a simbologia remete a renascimento, transformação – Wooyung e as borboletas -, e aceitação. Quando o Ateez e o Halateez se sentam frente à frente, eles estão encarando, aceitando e fazendo as pazes com os seus dois lados.
Eles brindam, se entendendo como dois lados de uma mesma moeda.
Ao final de Answer nós vemos o homem mascarado de branco em um cenário destruído após essa trégua/acordo criado entre o Ateez e o HalaTeez. Ele pega o monóculo que foi deixado para trás, e o vídeo termina.

 

ZERO : FEVER Part.1 ‘Diary Film’ Teaser

O grupo fez uma performance para abrir o último dia da KCON 2020, e como já dissemos aqui todas as coreografias do grupo são uma dica, um complemento ou um spoiler. Porém, apesar de mostrar elementos considerados importantes, faltavam dois integrantes, o que pode tornar a nossa análise um tanto falha.

Nos teasers recentemente postados nós vemos um Ateez que em nada nos lembra o Ateez da Era Treasure. Eles parecem estar em um mundo muito mais parecido com o nosso, onde seus problemas variam entre perda e falta de motivações e sonhos. Exceto quando chegamos ao último teaser, que pode ser a chave para o conceito do próximo comeback. O nome dado até agora, além de sugerir que essa era também se dividirá em capítulos, se chama “Fever” (Febre), uma clara referência ao calor e fogo que foi mencionado durante toda a era anterior.

“Fever” pode significar que o HalaTeez finalmente tomou o controle, e está guiando e preparando o Ateez para enfrentar um inimigo em comum, o indivíduo que vimos ao final do MV de “Answer”.
Mas como?

Na última imagem teaser lançada é mencionada uma ampulheta, deixada com Hongjoong por um homem de fedora – sua própria versão do HalaTeez. Ele diz que ao acordar desse sonho ele encontra a ampulheta na mesa, e que a areia que deveria estar caindo, está subindo, claramente sem ter o menor conhecimento das eras anteriores. Provavelmente porque esse Ateez ainda não viveu tudo que aconteceu na Era Treasure.

Outros teasers também mostram o grupo em uniformes escolares, em frente a um prédio que remete a uma escola, indicando que o grupo provavelmente viajará no tempo para consertar alguma coisa no passado, induzidos por eles mesmos.

A viagem no tempo pode também estar usando a temática de Alice Através do Espelho, mas o filme, onde Alice retorna ao País das Maravilhas (Wonderland) após atravessar um espelho – como no livro. A diferença é que no filme ela é colocada na missão de viajar no tempo para salvar a família do Chapeleiro Maluco.

No teaser de hoje, vimos um HalaTeez que representa o Hongjoong – líder do grupo – entregando à sua versão Ateez a ampulheta mencionada no teaser, onde podemos ver que a areia sobe ao invés de descer. Eles estão voltando no tempo, ou somente em um “mundo às avessas”?

“Fever” terá teasers e vídeos sendo lançados durante todo o mês, e pode nos trazer mais respostas e dicas do que virá a acontecer nessa próxima jornada do Ateez.

Obras usadas para análise:

Dr. Jekyll and Mr. Hyde – Robert Louis Stevenson
Peter Pan – J.M. Barrie
Stardust – O Mistério da Estrela – filme
(baseado no livro de Neil Gaiman)
Alice No País Das Maravilhas – Lewis Carroll
Alice Através do Espelho – filme e livro – Lewis Carroll

Avatar

Written by Lun Rezende

Comments

Comente

Loading…

0

JBJ95 revela teasers para o primeiro encontro de fãs on-line ‘Retro: 95’

spectrum disband

SPECTRUM anuncia disband