in

C-JeS Entertainment responde aos rumores de que Kim Junsu e sua família estariam processando por fraude

A C-JeS Entertainment respondeu aos relatos de que a família de Kim Junsu entrou com uma ação por alegações de fraude.

Quando questionados sobre o assunto em 18 de outubro, uma fonte da agência declarou: “Não sabemos muito sobre isso. Toda a transação e o processo em questão foram feitos pelo pai de Kim Junsu. Não temos comentários a fazer sobre o assunto.”

A Delegacia de Seul declarou que atualmente está investigando as acusações de Kim Junsu e seu pai contra o Sr. Jung, um indivíduo que trabalha no setor imobiliário, com base em fraudes à Lei de Crimes Econômicos Específicos.

O pai e o filho estão alegando que foram enganados pelo Sr. Jung no processo de venda de sua propriedade Toscana Hotel na ilha de Jeju. Depois de comprar um terreno na ilha de Jeju em 2011, eles construíram um hotel e o operaram até 26 de janeiro de 2017, quando transferiram a propriedade do hotel para uma empresa imobiliária.

No processo, Kim Junsu e seu pai estão alegando que foram fraudados em 30 bilhões de won (aproximadamente $25,4 milhões). O pai de Kim Junsu suspeitava que Jung era o proprietário da empresa imobiliária com a qual realizaram as transações e entrou com o processo na promotoria de Suwon em Seongnam.

Jung nega que esteja diretamente envolvido nas transações. O caso foi transferido da delegacia de Gyeonggi para a delegacia de Seul, e a polícia teria chamado o pai de Jung e Kim Junsu para interrogatório em 15 de outubro.

Quer saber mais sobre o mundo do kpop e cultura coreana? Siga nossas redes sociais e fique por dentro das últimas notícias: InstagramFacebookTwitter e Spotify.
Avatar

Written by Priscylla Piucco

Comments

Comente

Loading…

0

Yubin está se preparando para fazer um comeback

(G)I-DLE divulgou uma prévia do lightstick oficial