in

Declaração da polícia sobre possibilidade de reabertura da investigação de B.I

A polícia emitiu uma declaração oficial sobre a possibilidade de considerar a reabertura do caso de drogas envolvendo o B.I.

Em 12 de junho, o Dispatch relatou que o B.I foi acusado de tentar comprar maconha e LSD em 2016. Depois da notícia, B.I foi ao Instagram para afirmar que, embora não tivesse usado drogas, pediu desculpas por sua conduta e anunciou que deixaria seu grupo iKON, com a YG Entertainment confirmando o término de seu contrato.

A pessoa com quem B.I conversou foi preso em agosto de 2016 e afirmou: “Embora seja verdade que o B.I me pediu para comprar drogas para ele, nunca entreguei drogas  e nunca consumimos drogas juntos.”

Contudo, com o vazamento da conversa entre os dois pelo Dispatch, ressurgiram preocupações se a polícia, de fato, investigou B.I corretamente. Por conta disso, a equipe de investigação de narcóticos da Agência de Polícia Provincial do Sul de Gyeonggi declarou:

“Iniciaremos contato com ‘A’, que conversou no KakaoTalk com B.I sobre a compra de drogas e, se houver mudanças no testemunho de ‘A’, iremos considerar reabrir a investigação”.

Quer saber mais sobre o mundo do kpop e cultura coreana? Siga nossas redes sociais e fique por dentro das últimas notícias: InstagramFacebookTwitter e Spotify.
Avatar

Written by Priscylla Piucco

Comments

Comente

Loading…

0
Kim Hanbin B.I

B.I Deixa a YG e o iKon Após Polêmica com LSD

TWICE lança MVs para os singles japoneses ‘Breakthrough’ e ‘Happy Happy’