in

Prédio de propriedade de Daesung supostamente operando negócios ilegais

O “News A” do Channel A informou, com exclusividade, que um prédio no distrito de Gangnam, propriedade do Daesung do BIGBANG, pode estar abrigando empresas ilegais de entretenimento.
⠀⠀⠀
Daesung, que atualmente está cumprindo seu período de serviço militar obrigatório, comprou o prédio em 2017. O “News A” informou que cinco dos andares daquele edifício, ao contrário do que foi relatado no registro oficial da construção, estavam operando empresas de entretenimento adulto.
⠀⠀⠀
De acordo com o registro da construção, os andares 5-8 deveriam operar vários restaurantes e um estúdio de fotografia. A equipe de produção do “News A” foi diretamente ao prédio e descobriu que não havia placas anunciando tais empresas do lado de fora do prédio e que três andares não podiam ser acessados ​​pelo elevador. O oitavo andar, que deveria ter um estúdio de fotografia, estava cercado e não acessível ao público.
⠀⠀⠀
Uma fonte interna alegou que serviços de prostituição também estavam sendo oferecidos nessas empresas, sugerindo que os clientes ficariam com as mulheres no negócio por algumas horas antes de saírem juntos.
⠀⠀⠀
O “News A” também entrevistou vizinhos que declararam que essas empresas só abriam à noite e que frequentemente as mulheres entravam em salas cheias de homens e eram levadas para carros caros importados.
⠀⠀⠀
O representante imobiliário do Daesung declarou:
⠀⠀⠀
“Daesung é o proprietário do prédio, mas ele não é, de forma alguma, afiliado aos negócios. Ele achava que os negócios estavam operando como fora afirmado nas licenças. Vamos verificar se a atividade comercial ilegal está ocorrendo e cancelar nosso contrato com os inquilinos que estão infringindo a lei”.

Quer saber mais sobre o mundo do kpop e cultura coreana? Siga nossas redes sociais e fique por dentro das últimas notícias: InstagramFacebookTwitter e Spotify.
Avatar

Written by Priscylla Piucco

Comments

Comente

Loading…

0

O debut do TREASURE 13 é adiado

SEVENTEEN lança teaser e prólogo para comeback