in ,

TristeTriste

Yellow Bee acusa empresa de maus tratos e assédio sexual [aviso de gatilho]

Empresa alegou “promiscuidade de integrante” como motivo do disband

Yellow Bee assédio

AVISO DE GATILHO: tentativa de estupro

O Yellow Bee foi um grupo que debutou em 2017, e encerrou suas atividades no último dia 12 de julho de forma bem abrupta. O que mais causou estranheza foi o comunicado oficial da empresa, Addiction Entertainment, que alegou “promiscuidade” de uma das integrantes como motivo para o grupo sofrer disband.

“Yellow Bee – que debutou em 2017 – estava preparando um terceiro single digital. Nós queríamos que o grupo continuasse, mesmo se tivéssemos que trocar todas as integrantes. Mas com a integrante ‘B’ mantendo um estilo de vida um tanto quanto promíscuo, além das demais não conseguirem chegar a um acordo, nós decidimos que o grupo não seguirá junto.”

Após este anúncio de profissionalismo no mínimo duvidoso, a ex-integrante Ari usou sua conta pessoal no Instagram para contar a sua versão dos fatos. Segundo ela, funcionários da empresa assediavam o grupo, chegando a quase abusar de uma delas. Veja abaixo a tradução de sua postagem.

 

“Olá, aqui é a Ari.

Peço desculpas se este post estiver uma confusão.

Considerando as proporções que este assunto tomou, eu achei que deveria esclarecer algumas coisas.

Nosso grupo não é famoso a ponto de termos que fazer notas de esclarecimento, mas como estes artigos na mídia estão chamando muito mais atenção do que aqueles sobre nosso debut, nós ficamos assustadas, essa história saiu do controle.

A empresa alegou que uma integrante era promíscua, mas eu não sei o que eles acham que essa palavra significa.

É promíscuo um homem e uma mulher ficarem um ao lado do outro em público? Então todo mundo é promíscuo? O que a empresa falou não é verdade, eles exageraram.

Não era a integrante que estava sendo promíscua, mas sim a empresa.

Aconteceram casos de assédio sexual por parte de um funcionário e um manager.

Este funcionário chegou a arrastar uma das integrantes para uma sala de ensaio e tentou forçá-la a ter relações. Além do mais, todo mundo estava lá enquanto isso acontecia, mas só as integrantes do grupo tentaram impedir que ela fosse arrastada.

Eles nos mandavam chama-los de ‘oppa’ e tocavam em nossas coxas. Um antigo manager disse uma vez ‘vamos para o motel, eu vou te dar um bebê’ e ‘mas será por sua conta descobrir quem é o pai´.

Algumas vezes eles nos chamavam no meio da noite e tentavam nos oferecer álcool. Mas nós ficávamos quietas, porque queríamos ser cantoras.

Era tudo muito chocante, e eu estou traumatizada até agora.

Nós também não tínhamos dinheiro nenhum, mas precisávamos nos virar com roupas, sapatos, e até edição de vídeo.

Quando tivemos atividades no Japão, o CEO disse que ele só poderia nos levar de carro para o aeroporto, para nosso voo das 5 da manhã. Chegando lá, ele nos deu um cartão e nos mandou comprar as passagens nós mesmas e irmos sozinhas para o Japão. Nós nunca tínhamos comprado passagens antes, e só nossa líder tinha um telefone, então fizemos várias ligações e no fim conseguimos pegar o avião.

Demorou muito porque queríamos encontrar um voo mais barato. Quando conseguimos já era 1 da tarde. Ficamos no Aeroporto Internacional de Gimpo por 8 horas, mas nosso voo sairia do aeroporto de Incheon, então fomos para lá levando nossos figurinos, álbuns, pôsteres, e nossos pertences pessoais, sem nenhum staff.

Enquanto estávamos no Japão fizemos tudo sozinhas, sem staffs. Todo mundo lá sabia. Nosso CEO voltou mais cedo para a Coreia.

Isso não era um comportamento promíscuo, mas nós não éramos tratadas direito. Foi tanto descaso que nós falamos que queríamos desistir. Nós não desistimos por causa do comportamento promíscuo de tal integrante.

O que eu contei foi só um pouco de como fomos tratadas. Nós nos desentendemos no começo pelo que a empresa chamou de promiscuidade, mas não faz sentido que um incidente tão pequeno tenha causado nosso disband, depois de trabalharmos tanto para debutar.

Estas questões foram listadas em um documento que nós também enviamos para a empresa. A empresa está tentando fazer nós parecermos as vilãs, e não sabíamos como reagir, então decidi postar isso como uma representante do grupo. Obrigada por ler este texto tão longo.”

View this post on Instagram

안녕하세요 아리 입니다 . 글이 조잡해도 이해 부탁 드리겠습니다 . 일단 일이 이렇게 커진만큼 저희가 꼭 해명을 해야 겠다는 생각이 들었습니다. 해명글을 쓸 만큼 유명한 그룹은 아니지만 , 지금 나온 기사들이 데뷔 할 때 보다 더 많은 관심을 받고 있기 때문에 저희에겐 이만큼의 관심도 정말 큰 관심이라 당황스러웠고 , 그만큼 이야기가 부풀려 나갔기 때문입니다 . 회사에서 그 멤버가 문란 하다고 하는데 회사가 말한 ' 문란 ' 이라는 단어가 무슨 뜻인지 잘 모르겠습니다 . 밖에 남녀가 같이 서 있기만 한 것도 문란인가요? 그럼 모든 사람들이 문란한 건가요? 문란은 정말 사실 무근이고 , 회사에서 부풀려 말을 한 것 입니다 . 문란한 행동을 그 멤버가 한 것이 아니고 , 회사가 했다고 해도 무방 합니다 . 회사에서는 일단 회사 관계자와 매니저가 성희롱 성추행 하는 행동들이 있었습니다 . 회사 관계자였던 그 분은 한 멤버를 끌고 연습실로 가서 잠 자리를 하려 했고 , 그 상황에 모든 사람들이 있었으며 , 끌고 가는걸 말리는 사람은 오직 멤버들 뿐 이었습니다 . 또한 오빠라고 불러라 라고 말하거나 허벅지를 만지는 등 신체 접촉이 있었고 , 전 매니저 라는 그 분은 애기 낳아줄테니 모텔 가자 , ' 아빠는 너가 알아서 찾아 ' 라는 말 등 입에 담기 힘든 말들을 하곤 했습니다 . 그리고 새벽에 불러서 투자자 랍시고 술을 권한적도 여러 차례 있었습니다 . 저희는 가수가 되고 싶다는 그 생각 하나에 다들 쉬쉬하고 지나갔습니다 . 그 당시에는 정말 충격적이였고 , 아직까지도 기억에 트라우마로 남아 있습니다 . 또한 , 정산도 전혀 없었고 , 되려 의상 이나 신발 영상 편집 저희가 직접 한 부분이 있습니다 . 그리고 일본 스케줄을 갈 당시에도 대표님 혼자 새벽 5시 출발인데 저희 태워줄 사람이 본인 밖에 없다고 저희를 5시까지 김포공항으로 데리고 가고 저희한테 카드 한장 주면서 비행기 티켓 알아서 예매 하고 일본으로 넘어 오라는 말 한마디 남기고 혼자 떠나셨습니다 . 저희는 비행기 예매를한번도 해 본적이 없던 상황이였고 , 리더인 류희만 폰이 있어서 그 폰 하나로 비행기 티켓을 구하기 위해 이곳 저곳 연락을 해서 어렵게 구했습니다 . 비행기도 비싼거를 못타서 그나마 싼거 찾느라 오래 걸렸던 것이고요 . 그때 시각이 오후 1시였습니다 . 저희는 김포공항에 8시간 동안 가만히 앉아 있었습니다 . 근데 그 티켓마저 인천 공항이라서 저희는 아무 스텝 없이 의상 , 앨범 포스터 , 개인 소지품 다 들고 인천 공항으로 이동 하여 비행기를 탔습니다 . 그래 놓고 일본에서 활동할 때 스텝 한명없이 저희 다섯명이서만 움직였습니다 . 거기에 있던 모든 사람들이 알았죠 대표님은 먼저 다시 한국으로 가셨거든요 . 이건 문란한 행동은 아니지만 정당한 대우를 받지 못했습니다 . 이것말고도 더 많은 정당치 못한 대우를 받아서 저희는 그만 두겠다 한 것이지 절대 그 멤버의 문란한 생활로 그만 두겠다고 한게 아닙니다 . 지금 얘기 드린 내용은 저희가 받은 정당치 못한 대우들 중 몇가지일 뿐입니다 . 시작은 회사에서 문란하다는 그 일로 서로 대립 상황에 놓여 있었지만 , 설마 그 별것도 아닌 일로 열심히 연습해서 이뤄낸 데뷔를 옐로비 해체와 맞바꾼다는건 말이 안됩니다 . 이건 저희가 회사에 내용 증명서를 보낼 때에도 적혀 있는 사항들 입니다 . 회사가 저희를 나쁜 사람들도 몰고 있어서 저희는 어떻게 나와야 할 지 몰라 대표로 글을 적습니다 . 긴 글 읽어주셔서 감사합니다 . * 본문에 있는 글 기사화 하셔도 괜찮습니다 *

A post shared by @ dear_bunny__ on

Infelizmente, este tipo de situação é mais comum do que se pensa. Com a expansão do Kpop, muitas empresas entram no mercado sem um mínimo de preparo, em busca de um lucro rápido. Isso resulta em trainees e grupos jovens tendo que trabalhar sem o menor apoio. O assédio sexual é um problema comum não apenas na indústria, mas sem dúvidas as idols tem uma vulnerabilidade maior neste meio.

Avatar

Written by Laura Ricci

Comments

Comente

Loading…

0
mont boom bang

M.O.N.T lança a parte 2 de seu comeback de verão, ‘BOOM BANG’

Jo Kwon Ren MJ Jamie

Jo Kwon, Ren e MJ contam seus motivos para atuar em ‘Jamie’