in

YG Entertainment: Yang Hyun Suk renunciou ao cargo

Yang Hyun Suk renunciou aos seus cargos na YG Entertainment.

Yang Hyun Suk compartilhou hoje sua declaração oficial sobre as recentes controvérsias em torno da YG Entertainment e anunciou sua renúncia.

O fundador da agência disse:

“Aqui é Yang Hyun Suk.

Eu sinto muito pelos fãs que amam as celebridades do YG e da nossa agência.

Eu também sinceramente peço desculpas a todos os nossos funcionários que estão silenciosamente continuando a fazer seu trabalho durante toda a chuva de críticas.

Tenho pacientemente tolerado as palavras sobre a situação atual, que são vergonhosas e humilhantes demais para serem mencionadas, como lhes disseram indiscriminadamente, como se fossem a verdade. No entanto, acho que é muito difícil agora.

Eu acho que não pode mais haver uma situação em que a YG, as celebridades da nossa agência e os fãs estejam sofrendo danos por minha causa.

Por 23 anos dediquei metade da minha vida e tudo mais para o crescimento da YG.

O trabalho de apoiar a melhor música e os melhores artistas foi a maior felicidade para mim. Eu pensei que esta é a única habilidade que posso contribuir para os fãs e a sociedade.

No entanto, vou renunciar a todas as minhas posições na YG a partir de hoje.

Eu sinceramente espero que não haja mais danos às celebridades da agência YG que eu amo, e aos fãs que as amam, por minha causa.

Atualmente, existem muitos especialistas na YG que têm mais capacidades e senso do que eu. Eu acho que a minha saída será uma boa oportunidade para eles exibirem melhor suas habilidades. É meu sincero desejo que a YG possa se estabilizar o quanto antes.

Por fim, acredito que a verdade dos atuais relatos da mídia e fofocas maliciosas será revelada através de investigações. Obrigado.”

Além disso, o irmão de Yang Hyun Suk anunciou mais tarde seus planos de se demitir de sua posição como CEO.

Avatar

Written by Lun Rezende

Comments

Leave a Reply

Comente

Loading…

0

Yesung, do Super Junior, revela faixas de ‘Pink Magic’

Ministério Público pede 1 ano e meio de prisão e multa para Yoochun